14° CONSELHO CONSULTIVO

Consultivo do Ministério dos Transportes

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES AVALIA OS 5 ANOS DE REFORMAS

SECTOR DOS TRANSPORTES RUMO AO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

De antemão, decorreu na cidade de Moçâmedes, Província do Namibe nos dias 04 e 05 de Julho de 2022, o 14º Conselho Consultivo do Ministério dos Transportes que teve como foco principal o balanço dos 5 anos de reforma no sector dos transportes.

Nesse sentido, a sessão de abertura presidida pelo Ministro dos Transportes da Republica de Angola, Ricardo Viegas de Abreu, destacou as reformas efectuadas e em curso no sector e ao mesmo tempo, com realce a adequação dos estatutos orgânicos dos distintos órgãos reguladores do sector.

Assim como, a modernização das infraestruturas ao desenvolvimento produtivo, o aumento do nível de competição e integração das cadeias regionais e globais e a redução da escassez do capital humano qualificado para reforçar as politicas de promoção do ambiente favorável de negocio.

Em outras palavras, o Governador da Província do Namibe, Archer Mangueira, considerou na sua intervenção a importância estratégica do Projecto de Desenvolvimento Integrado da Baía de Moçâmedes, que apôs conclusão irá posteriormente, servir de forma substancial o desenvolvimento da região sul de Angola.

Porém, o Conselho Consultivo do Ministério dos Transportes, reuniu mais 160 delegados das empresas e organismos tutelados pelo Ministério dos transportes, bem como; convidados locais do sector produtivo, que durante dois dias abordou 5 painéis nomeadamente:

  1. Balanço geral do sector;
  2. Reformas no sector dos transportes;
  3. Projectos estruturantes do sector e envolvimento do sector privado;
  4. Projectos de transformação digital do sector;
  5. A responsabilidade social e sustentabilidade do sector.

Todavia, após longos e aturados debates, os participantes apresentaram as conclusões finais e fizeram as devidas recomendações que passarão a ser o barómetro para a medição do desenvolvimento do sector dos transportes para os próximos tempos.

Analogamente, a margem do Conselho, o Ministro dos Transportes Ricardo Viegas de Abreu, desenvolveu ações de responsabilidade social ao Lar da 3ª Idade, “Ondjuvo Yetu” e igualmente, ao Lar de Infância, “Amanhecer da Esperança” .

Por outro lado, participou igualmente, num acto de plantação de árvores com vista a combater a seca na região sul de Angola, concretamente no perímetro adjacente às bombas de combustível da Pumangol, na cidade de Moçâmedes, Província do Namibe.

Em conclusão, o 14º Conselho Consultivo do MINTRANS, decorreu num ambiente afável e de descontração, e proporcionou aos participantes vivenciarem as riquezas culturais da Província do Namibe.

PORTO DO NAMIBE E A UNIVERSIDADE DO NAMIBE ASSINAM MEMORANDO DE ENTENDIMENTO

Memorando de Entendimento

O Porto do Namibe e a Universidade do Namibe, assinaram na tarde desta Terça-Feira, 21 de Junho, nas instalações daquela instituição do Ensino Superior, o Memorando de Entendimento nos domínios da formação técnica, estágio, intercâmbio de informação, documentação, publicações e realização conjunta de eventos específicos.

Durante o certame, a Coordenadora da Comissão Instaladora da Universidade do Namibe, Carmen Ivelize Van-Dúnem do Sacramento Neto dos Santos, destacou a importância desta parceria e assegurou que a mesma surge dentro de uma visão estratégica comum de servir o País através de uma inter-operacionalidade entre as instituições.

“Aproveito este momento para reiterar os melhores votos de sucesso desta parceria que eu vejo com bastante bons olhos, mas acima de tudo com bastante rigor para um futuro promissor”, concluiu.

O Presidente do Conselho de Administração da Empresa Portuária, Manuel Nazareth Neto, primeiramente destacou na oportunidade, a necessidade de se tirar maior proveito do momento ímpar que a Província do Namibe vive com a implementação do Projecto de Desenvolvimento Integrado da Baía de Moçâmedes, que durante três anos terá obras de infraestruturas integradas que irão necessitar a implementação em parte deste acordo.

“Nós vamos procurar junto da Universidade, solicitar algumas formações ou programas de capacitação, quiçá mesmo de pós-graduação de alguns dos nossos quadros jovens”. enfatizou.

Reconhecendo a importância de promover a colaboração em áreas de interesse comum, as partes celebraram este Memorando que terá por finalidade genérica o desenvolvimento de actividades no domínio da ciência, tecnologia, investigação e informação, que são consideradas igualmente as áreas de interesse comum entre as mesmas.

Durante este acto as duas instituições comprometeram-se, na medida das suas possibilidades, promover, incentivar e desenvolver ações de colaboração, visando o desenvolvimento da comunidade angolana no âmbito social.

Dessa forma, testemunharam o evento, membros do Conselho de Administração da Empresa Portuária do Namibe, membros de gestão da Comissão Instaladora da Universidade do Namibe, Docentes, Estudantes e Convidados.