COMISSÃO SINDICAL DA EMPRESA PORTUÁRIA DO NAMIBE ENALTECE O DESEMPENHO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DURANTE O ANO 2023

O desempenho do Conselho de Administração da Empresa Portuária do Namibe – E.P, durante o exercício económico referente ao ano 2023, foi neste fim de semana, 12 de Janeiro, enaltecido pelo Primeiro Secretário da Comissão Sindical, Idalésio Simão, durante a sua intervenção na cerimónia de Cumprimentos de Ano Novo.

Idalésio Simão, fez lembrar que durante o ano 2023, o Sindicato teve como foco a garantia da boa e harmoniosa parceria com o Conselho de Administração e para tal, assegurou ter avistado êxitos na concretização deste desiderato.

“Só quem não vê é porque não quer ver, mas no fundo viu” afirmou Idalésio Simão.

O Primeiro Secretário da Comissão Sindical, avançou que a boa parceria conjugada com aquilo que foi o programa traçado pelo Sindicalista para a melhoria da vida Social dos trabalhadores atingiu numa escala de 0 a 100, 80% do programado.

O Represente do colectivo dos trabalhadores do Porto do Namibe – E.P, assegurou que a Comissão Sindical está a par e passo da envolvência do Conselho de Administração da Empresa Portuária do Namibe na materialização do processo de exportação e transportação do minério de ferro e rochas ornamentais da Região Sul de Angola, e consequentemente, a observância da primeira exportação do ferro gusa, que visa captar mais receitas financeiras para a Empresa e para o País.

GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E MARKETING, AOS 16 DE JANEIRO DE 2024.

PORTO DO NAMIBE, INOVAR PARA MELHOR SERVIR

PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO PORTO DO NAMIBE APONTA OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS PARA 2024

O Presidente do Conselho de Administração da Empresa Portuária do Namibe – E.P, Manuel Nazareth Neto, apontou na passada sexta-feira (12), durante a Cerimónia de Cumprimento de Ano Novo, os objectivos estratégicos que vão nortear a acção do Porto para o exercício económico referente ao ano de 2024.

Dentre os objectivos preconizados destacam-se:

A continuidade dos projectos estruturantes em curso, de modo a aumentar a capacidade operacional da Empresa e melhorar a sua eficiência;

Continuar a melhorar as competências técnicas dos trabalhadores, por via da formação;

Apostar na inovação organizacional, tecnológica e descarbonização para a optimização dos processos e procedimentos;

Aumentar a quota de mercado do Porto do Namibe, através de acções de marketing portuário;

Aumentar o nível de investimentos em infraestruturas e equipamentos tendo em vista a necessidade de se acompanhar a dinâmica dos desafios impostos pela situação económica e social do país;

Melhorar e aumentar as acções de contribuição social junto das comunidades, no âmbito da responsabilidade da Empresa;

Na sua intervenção, Manuel Nazareth Neto, referiu que o Porto do Namibe prevê movimentar 1.108.533(Um Milhão, Cento e Oito Mil e Quinhentas e Trinta e Três) toneladas de carga, apesar das restrições impostas pelas obras do Projecto de Desenvolvimento Integrado da Baía de Moçâmedes em curso nos Terminais Mineraleiro do Saco-Mar e Terminal Multiuso.

GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E MARKETING, AOS 16 DE JANEIRO DE 2024.

PORTO DO NAMIBE, INOVAR PARA MELHOR SERVIR